Pérolas… Prós e Contras

2571483

Foto de ENTRE AS BRUMAS DA MEMÓRIA

Adenda : Origem da imagem de mmbotelho


Sou ums seguidora do twitter, gosto de andar por lá e de deixar os meus pareceres ou novidades quando me parece conveniente.

O senhor da foto postada é deputado, na minha opinião, deve honrar a posição que lhe foi incubida pelos cidadãos que depositaram confiança no mesmo. Não, não estou contra a opinião do senhor deputado, cada um tem a sua e respeito. Não posso é conceber que este tipo de comentários venham de pessoas com o cargo do Pedro Duarte, enfim,  assim vai a nossa classe política…

Anúncios

União Europeia decide sobre validade de casamento gay

images2Na reunião Europeia Parlamentar marcada para ser realizada hoje,dia 14, representantes dos países da União Europeia devem decidir se todo o bloco passará a reconhecer a validade dos casamentos gays realizados em alguns dos seus 27 estados membros.

Caso seja aprovada, a resolução facilitará a vida dos casais homossexuais cujos países de origem não reconhecem a legalidade de uniões entre pessoas do mesmo sexo.

In Mix Brasil

E esta hein?…

Casamento Civil aprovado na Câmara Municipal de Lisboa

O Bloco de Esquerda apresentou uma moção na Assembleia Municipal da CML apoiando o Casamento Civil entre pessoas do mesmo sexo. A moção foi aprovada pelos votos do PS, PCP, PEV e quatro deputados do PSD. Votos contra do CDS-PP, e PSD se bem que este último na sua maioria se absteve.

Ora se as leis municipais se sobrepusessem á lei da Republica como parece que os códigos (o código civil no caso) se sobrepõem à Constituição, já se poderia dentro em breve ir casar a Lisboa. Deputados da Assembleia da República que também são vereadores Municipais, aqui não se viram obrigados a cumprir qualquer disciplina de voto e votaram a favor da moção do BE. Entre eles encontram-se os nomes de Maria de Belém (antiga Ministra da Igualdade e de Miguel Coelho.

Assim se sugere que outras Câmaras Municipais tenham o mesmo debate e se somem por isso opiniões, posições, e consciências de quem, afinal, está mais perto da vida de pessoas, de munícipes, de cidadãs e cidadãos que viram no passado dia 10 de Outubro o futuro adiado uma vez mais por falta de vontade politica ou, pior ainda, questões de agenda política…

In PortugalGay